Notícias

Entendendo as regras da Construção Civil

 

Jesus Garcia de Oliveira, de 59 anos, trabalha como mestre-de-obra há mais de 30 anos. Nesta segunda-feira, 20, ele e mais 59 operários do Recanto Praças Residenciais, no Setor Negrão de Lima, tiveram aula em um caminhão-escola que funciona como uma sala de aula. O veículo, pertencente à empresa ArcelorMittal, percorre o Brasil de norte a sul para levar o conhecimento teórico a mestres-de-obras, encarregados, pedreiros e carpinteiros.

 

A primeira edição do programa Mestre ArcelorMittal ocorreu em São Paulo em 2008. Segundo o engenheiro civil Antônio Carlos Gonçalves Burgos, a repercussão do projeto foi tão boa que eles resolveram estendê-lo para todo o país. “O nosso objetivo aqui é trazer um pouco mais de informações sobre a construção civil e aumentar a capacitação técnica dos operários, para que eles sintam uma diferença no seu trabalho”, conta Antônio Carlos, que também é o professor responsável pelo curso.

 

A ArcelorMittal é a maior usina siderúrgica de aço do mundo e possui mais de 50 anos de atuação no mercado nacional. Jonas Lima de Oliveira, coordenador de eventos da empresa, explica que a escolha das cidades onde o caminhão-escola deve passar se baseia na necessidade apontada por seus parceiros de qualificação profissional. “A carreta vai onde existe a necessidade dos clientes da Arcelor de qualificar o seu profissional. A nossa função é estabelecer um aprendizado teórico porque o fato de entender as regras ajuda os profissionais a aceitarem-nas melhor.”

 

Em Goiás, a Toctao e a GMS Engenharia estão entre as empresas selecionadas para receber o treinamento. A gerente de recursos humanos da Toctao, Edna Prego, revela que os 60 trabalhadores “premiados” com a aula foram escolhidos mediante características como assiduidade, interesse e comprometimento com a empresa. O engenheiro direto de cada obra da Toctao e da GMS elegeu aqueles que participariam do projeto. “Esse projeto de um nossos parceiros é algo que sem dúvida valoriza muito os colaboradores.”

 

O caminhão-escola ficará dois dias em Goiânia. Durante todo o dia, o caminhão permanece estacionado dentro da obra. Em turnos distintos, 30 profissionais assistem exposições sobre técnicas construtivas, leitura básica de projetos, produtividade, segurança do trabalho, a construção civil e o meio ambiente. Em todo momento, o projeto aborda a importância desse trabalhador dentro do mercado no qual está inserido.

 

A empresa esclarece que o objetivo da campanha não é fazer palestra sobre seus produtos específicos, mas sim realizar um treinamento valioso para o dia-a-dia desses profissionais. O mestre-de-obra Jesus Garcia agradece e parabeniza a iniciativa. “É importante para quem trabalha aqui dentro da obra esse tipo de curso, que traz as novidades e conhecimentos sobre o mercado. Eu já participei de vários cursos e digo que é sempre bom estar me atualizando”, conclui.